sexta-feira, 17 de junho de 2016

RESULTADO - Polícia Militar registra aumento de 64% em apreensões de drogas no quadrimestre

Comandante-Geral associa resultado às operações, trabalho de inteligência e análise criteriosa de dados estatísticos

Nos quatro primeiros meses deste ano, a Polícia Militar de Mato Grosso registrou um aumento de 64% na quantidade de entorpecentes apreendidos em todo Estado. Foi mais de uma tonelada de drogas retirada de circulação (1.191,6kg). No ano passado, a quantidade apreendida foi de 728 kg no mesmo período.

Segundo os dados do Sistema de Estatística, Ocorrências e Produtividade (Seop) da PM, de janeiro a março houve registro crescente no número de ocorrências dessa natureza, sendo 208 em janeiro, 235 em fevereiro e 275 em março. Em abril, houve uma queda, com 233 casos.

Conforme o comandante-geral da PM, coronel Gley Alves, esse aumento considerável no acumulado do quadrimestre é resultado do forte emprego operacional que a instituição tem promovido, por meio de operações como ‘Saturação’, ‘Inopinada’, ‘Start’, ‘Bairro Seguro’ e ‘Carga Máxima’.

De acordo com Alves, “tal implemento do efetivo tem sido feito de maneira técnica, com a utilização de dados que são minuciosamente analisados pela Superintendência de Planejamento Operacional e Estatísticas (Spoe) da PM”.

“Esse setor é fundamental para que possamos empregar nosso efetivo com qualidade e precisão, nos locais em que há a necessidade de reforço policial”, avalia.

Nessas ações, explica Alves, “o efetivo tem sido implementado com o reforço policial daqueles profissionais que cumprem jornada extraordinária”

.


Além disso, enfatiza o comandante, o trabalho intenso feito pela Diretoria de Inteligência da PM, bem como pelas demais unidades presentes nos batalhões de área, que realizam todo levantamento das áreas e pessoas suspeitas de tráfico de drogas, também tem sido fundamental para essa produtividade.

Trabalho esse que implica no cumprimento de mandados de busca, apreensão e prisão. Nesses quatro meses, por exemplo, foram 547 prisões por mandado.

Dana Campos | PM-MT