terça-feira, 28 de junho de 2016

Jogos Rio 2016 - Bombeiros participam de treinamento antiterrorismo em Belo Horizonte



Depois de cumprir as etapas do planejamento para a passagem da tocha olímpica pelo Estado, o Corpo de Bombeiros Militar segue dando sequência às etapas de preparação para os Jogos Olímpicos. Na última quinta-feira (16/06), integrantes da corporação participaram de uma instrução sobre ameaças terroristas, no auditório da Cidade Administrativa, em Belo Horizonte. Cerca de 500 operadores de segurança pública e de Defesa Civil participaram do encontro que abordou atentados com produtos químicos, biológicos, radioativos e nucleares, reunidos sob a sigla QBRN.

A instrução incluiu ainda representantes das polícias Militar e Civil, Defesa Civil e de outras instituições que atuam no Centro Integrado de Comando e Controle regional (CICCR) da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), como policiais rodoviários federais e guardas municipais. De acordo com o Tenente Soares, do Pelotão QBRN, do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres, o Corpo de Bombeiros tem participado de diversas instruções que tratam do acionamento das guarnições, preparação dos militares e disponibilização de material para incidentes dessa natureza", diz. Batizada de Instrução e Sensibilização sobre Ameaças a Grandes Eventos (Isage), o evento teve palestras de integrantes do Exército, Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. 

A instrução integrada busca assegurar a realização pacífica dos jogos da Olimpíada que serão disputados no Mineirão, bem como dar segurança a atletas e turistas. O Mineirão receberá jogos de futebol da primeira fase, quartas-de-final e a disputa pelo bronze do torneio masculino, além da primeira fase, quartas-de-final e semifinal femininas. A instrução teve como palestrantes o Tenente Igor Rédua, do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres; o Capitão do Exército, Marcos Vinícius Monteiro e o Tenente Paulo Matos, do Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar. 

São esperados em Belo Horizonte, de acordo com estimativas da Abin, de 15 mil a 20 mil turistas durante os jogos. A cidade receberá entre 400 e 500 atletas e 1,5 mil jornalistas. Até o início dos jogos olímpicos estão previstas cinco simulações práticas baseadas nas instruções disseminadas nos encontros da Isage. Dentre as equipes e delegações que virão a Minas Gerais para o reconhecimento das áreas e aclimatação no estado, estão as delegações da Grã-Bretanha (BH), Irlanda (Uberlândia) e Bélgica (Uberlândia). Confirmados ainda os comitês de atletismo da China (Juiz de Fora), atletismo do Canadá (Juiz de Fora) e canoagem do Brasil.

BLOG DA RENATA