terça-feira, 5 de junho de 2012

Bombeiros buscam certificação de cães para a Copa de 2014


O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) tem investido não só na qualificação de mais de cinco mil homens como também no treinamento do Grupo Especializado de Busca e Salvamento com Cães de Resgate para atuar na Copa do Mundo de 2014. Para validar a participação dos animais nos locais dos jogos e eventos do mundial uma comissão da Secretaria Nacional de Segurança (Senasp) ficará responsável para dar este aval.

Além disso, busca-se a certificação destes animais perante a Organização Internacional de Cães de Resgate (IRO), com sede na Áustria. O regulamento da entidade segue os padrões da Organização das Nações Unidas (ONU) e habilitará os animais para atuar nos desastres e catástrofes em todo o mundo. Os cães serão avaliados em quesitos como obediência, controle e busca em escombros.  Será oferecido no ano que vem uma capacitação para 30 adestradores dos Corpos de Bombeiros do Distrito Federal, Amazonas, Mato Grosso e Minas Gerais.

Para que o cão se torne apto a executar missões ele é sempre avaliado nas missões que realiza. Eles passam por testes de impulso exploratório, que é a capacidade do animal em explorar o ambiente, autonomia e boa socialização. Mas o teste principal dos animais é quando são colocados na rotina da polícia passando por barulhos de sirenes, subidas e descidas de viaturas, embarcações e até aeronaves de modo a se adaptarem com o ambiente que irão atuar.

É importante ressaltar que as atividades realizadas com os cães são para reforçar ainda mais as funções que já executam nas ocorrências em todo o estado de Minas Gerais.